Como identificar depressão em uma criança.

Toda criança tem suas habilidades individuais, algumas são muito inteligentes a ponto de dominar qualquer assunto, mesmo que um pouco mais complexo, algumas crianças têm habilidades físicas melhores e de mais nível e assim por diante. Muitas vezes os pais conseguem ver essas habilidades em seus filhos, e até mesmo comentam com familiares e amigos, que eles são bons em algo… mas será que percebem também quando seus filhos, netos e sobrinhos estão passando por uma situação de tristeza? Quando na fase infantil, as crianças vivem diversas emoções, é claro uma montanha russa de sentimentos. Alterações hormonais, mentais e corporais apresentam-se como uma novidade, além das situações externas, que exigem cada vez mais dos pequenos e também dos adolescentes. Sintomas para ligar o alerta! Em algumas situações começamos a perceber mudanças repentinas no dia a dia das crianças, mudanças que precisamos ter Tato para compreender se ela precisa de ajuda especializada. Mudanças repentinas no humor, agressividade, medo constante, insônia, timidez (anti social), dificuldades na comunicação verbal, esses são são demonstrativos de que algo está errado, também é importante ficar atento se houver: Falta de concentração. Problemas de aprendizado e de interação social. Distúrbios físicos. Adoecer com frequência. Compulsão por comida. Ansiedade Infantil. Muitas ações como essa demonstram que pode haver um trauma na vida da criança, talvez não conseguiremos ver da onde ou qual gatilho gerou essas situações na vida da criança, mas é importante estar atento a eventos significativos, como a morte de um membro da família, amiguinho ou animal de estimação, um divorcio, abuso, traumas, doença grave na família e mudança de casa podem causar estresse, levando a alterações de humor, comportamento, sono, apetite, menor interação social e evolução na escola. Aquela velha frase que ainda é criança, e vai passar não se aplica nesse caso. O que muitas pessoas não entendem é que esses traumas podem acompanhar até a vida adulta causando depressão e outros problemas psicológicos. Sinais para os pais ficarem atentos para procurar uma psicóloga infantil. Por mais simples que possamos achar que seja o problema, para a criança pode não ser. Por isso, é importante ficar atento aos seguintes sinais, para procurar terapia infantil: Atraso no desenvolvimento da fala e comunicação; Atraso para desenvolver os hábitos de higiene básicos, como escovar os dentes e tomar banho; Problemas de aprendizagem ou frequentes sinais de déficit de atenção (DDA); Problemas comportamentais, como a agressividade – morder, chutar ou bater – e raiva excessiva; Queda no desempenho escolar, especialmente se a criança costumava acompanhar a classe; Momentos de tristeza, choro ou depressão leve; Isolamento social; Diminuição do interesse em atividades que costumava gostar, como ir à escola, brincar com os amigos, ir ao cinema, etc.; Mudanças bruscas de apetite (especialmente em adolescentes); Insônia ou aumento da sonolência; Alterações frequentes de humor; Queixas frequentes de dores que não são identificadas as causas (dor de cabeça, de estômago, de barriga). Dificilmente veremos uma criança pedir ajuda e dizer que tem problemas, por isso cabe aos pais serem observadores e saber quando é necessário buscar ajuda especializada. Aqui na Equilibrium temos profissionais especializados no atendimento a crianças e jovens, e será um prazer atender vocês. Caso precise de ajuda, entre em contato aqui pelo site mesmo, você será direcionado ao nosso Whatsapp. Av praia de itapuã, 1327 - Vilas do atlântico, Lauro de freitas BA

Continuar lendoComo identificar depressão em uma criança.